Sei lá. Tô numa fase que eu tô cansada até de levantar da cama. Por mim eu viveria ali, deitada, coberta, “livre” de qualquer mal. As pessoas não se importam com o sentimento de ninguém e eu não consigo ser assim. Ou eu amo, ou não amo. Ou eu me importo, ou eu não me importo. Ou eu fico feliz, ou eu me tranco, me isolo e me calo. Ninguém entenderia mesmo.